5 Baladas mais caras de São Paulo

5 Looks para arrasar na balada
21 de agosto de 2017
Look para usar em cada balada
23 de agosto de 2017
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

1. Club Disco

Resultado de imagem para club disco

Em um mercado no qual o sucesso anda de mãos dadas com o conceito de novidade, o lugar mais antigo da lista se mantém entre os eleitos dos endinheirados em São Paulo. Inaugurado em 2000, o Club Disco já foi palco de festas privadas de modelos como Naomi Campbell e Gisele Bündchen. Apesar de abrir espaço para shows esporádicos de MPB, o house é o carro chefe da casa. O ambiente de traços futuristas e clássicos leva a assinatura do arquiteto Isay Weinfeld. Mas o grande destaque fica por conta de um painel de mais de 20 metros quadrados dos irmãos Campana. Para entrar na balada que tem Marcos Mion e Michel Saad entre os sócios, mulheres pagam 100 reais e homem desembolsam 200, ambos com consumação. Quem compra uma garrafa de vodka ou uísque no valor de 500 reais ganha o direito de ocupar uma mesa, com espaço para dois casais.

Endereço: Rua Professor Atílio Innocenti, 160, Itaim Bibi

2. Josephine

Resultado de imagem para josephine balada

Aberta neste ano, a Josephine integra o time das boates estrangeiras que abriram suas portas por aqui. Filial de um clube em Washington, nos Estados Unidos, a balada leva a tecnologia para as portas, com as hostesses checando a lista de convidados vips em iPads. Apesar da decoração discreta e sem grande ostentação, os preços revelam que o lugar é sim para um público refinado: as long necks não saem por menos de 18 reais. Enquanto a black music dá o tom na noite de quarta, o tradicional house é a pedida nos fins de semana. Com um vistoso telão de placas de LED instalado sobre a pista, o espaço abriga até 500 pessoas. Nas quartas e sextas, a entrada custa 200 reais para eles (com 170 reais consumíveis) e 100 reais para elas (70 reais consumíveis). No sábado, o preço sobe apenas para os homens: 250 reais, com 200 reais de consumação.

Endereço: Rua Doutor Mário Ferraz, 590, Jardim Paulista

3. Mokaï

Imagem relacionada

Associada aos mais modernos e descolados, a emblemática rua Augusta também abriga um dos point dos bem nascidos da capital paulista. Atrás do número 2.805, no Jardim Paulista, fica a Mokaï, filial da casa noturna de mesmo nome em Miami. Decorado com imagens da rainha francesa Maria Antonieta, a boate conta com uma profusão de lustres e correntes douradas enfeitando a pista principal, o lounge e uma área exclusiva para hip hop. Entre os sócios da empreitada estão Rico Mansur e Amir Slama. A entrada custa 60 reais para as mulheres e 140 para homens. Com consumação, o preço sobe para 90 e 300 reais, respectivamente.

Endereço: Rua Augusta, 2.805, Jardim Paulista

4. Mynt Lounge

Imagem relacionada

Replicando a mesma estética da boate homônima em Miami, a filial brasileira da Mynt Lounge foi inaugurada em 2007. Depois de apenas seis meses, entretanto, a casa foi fechada por funcionar em área residencial. De volta ao bairro do Itaim Bibi, mas em um novo endereço, a balada reabriu as portas neste ano. O ritmo reinante é mais uma vez o house. E no ambiente que conta com projeções na parede, os mais de trinta camarotes que rodeiam a pista principal custam a partir de 2.500 reais. Uma pista reservada de hip hop costuma abrir depois das 3h. Para entrar, mulheres gastam 50 ou 80 reais, sendo que a opção mais cara dá direito à consumação de 60 reais. Para os homens, os preços são 150 ou 250 reais, com 200 reais consumíveis.

Endereço: Rua Clodomiro Amazonas, 482 – Itaim Bibi

5. A.F.A.I.R

Resultado de imagem para A.F.A.I.R

No espaço antes ocupado pela Pink Elephant nasceu a A.F.A.I.R. (As Far As I Remember, ou Até onde eu me lembro, em português). Em comum com a antiga balada, estão parte dos mesmos donos e o desejo de conquistar o público de luxo. São 19 camarotes espalhados pela casa, com preços que vão de 2.000 a 3.500 reais. Na pista, feixes coloridos de LED embalam os bem de vida em noites regadas a house. Os afortunados que pedem champanhe dentro de dois camarotes específicos recebem o espumante em elevadores que descem do teto. Outra novidade é o uso de um aparelho israelense que realiza o reconhecimento facial dos clientes, ajudando as hostesses a atender os clientes de forma diferenciada. Com nome na lista, homens pagam 150 reais e mulheres desembolsam 50, com os valores sendo revertidos em consumo. A entrada cheia custa 80 para elas e 200 para eles, sendo mantido o benefício da consumação.

Endereço: Rua Gumercindo Saraiva, 289 – Itaim Bibi.

Clique aqui e faça um tranfer em um ônibus balada, até o local desejado!

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *